Ouvidoria: 3455-9188 Deixe uma mensagem


Enviar
Imprimir
Aumentar
Reduzir
Compartilhar
Twittear

Foi a Santinha que mais me marcou

Quase concluindo o Curso de Medicina, olho para atrás e vejo a longa caminhada já percorrida. Foram muitos os hospitais que contribuíram para minha formação, mas posso falar com propriedade, que a Santa Casa da Misericórdia de Fortaleza, Santinha para os íntimos, foi o que mais me marcou.

Nessa instituição, passei pelos serviços de Clínica Médica, de Cirurgia e agora estou no de Ginecologia.  Cada um com suas peculiaridades, mas em comum o forte desejo de ajudar e sempre querer fazer mais pelo paciente.


O Serviço de Ginecologia me surpreendeu positivamente. Sob o comando do Dr. Edson Ximenes e de outros grandes profissionais como Dr. Helano de Paula, deparei-me com uma unidade acolhedora, organizada e que de fato funciona. O mais interessante é que atendemos a paciente no ambulatório, assistimos sua cirurgia e depois a acompanhamos na enfermaria, ou seja, participamos ativamente de todo o processo de diagnóstico e tratamento.  Além dessas atividades, há também semanalmente discussões sobre temas relevantes em ginecologia que ajudam a sedimentar o nosso conhecimento.


A vivência diária com os residentes também acrescenta de forma positiva. Como profissionais em formação, trazem a sua avidez por conhecimento e assim estimulam o aprendizado. Lembrando também de todos os outros profissionais, em especial a Rose e a Sueli, que com o seu profissionalismo e boa vontade fazem com que o serviço funcione fluidamente.


Tenho muito a agradecer à Santinha por todo conhecimento prático e teórico e pela oportunidade de convívio direto com profissionais de extrema competência. Além disso, agradecer pelo maior diferencial que a Santinha tem: Formar profissionais mais humanos.

 

July Rebeca Moreira Machado
Aluna do internato de Ginecologia da Unichristus